Entrevista de João Quinelato de Queiroz na Rádio Band News FM

Atualizado: 22 de Ago de 2019

Após o cancelamento de uma festa de formatura na Zona Oeste, estudantes temem que a Aloha Formandos cancele outros eventos previstos para esse ano. Uma turma de 45 alunos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro que contratou a empresa para realizar o baile de formatura e a colação de grau teme que a festa em setembro não aconteça.

A estudante de administração da Uerj, Priscila Amori

m, contou que os alunos ficaram abalados e estão avaliando trocar a empresa. O professor de direito civil do Ibmec, João Quinelato, explica que em casos como esse é necessário reunir o maior número possível de provas de que o contrato não foi cumprido.

Cerca de 140 alunos de faculdades públicas e particulares ficaram sem festa de formatura após a empresa Aloha Formandos cancelar o baile horas antes do evento. A empresa alegou que não compareceu ao local porque ficou sem abastecimento de comida, bebida, música e iluminação.

Apesar da alegação da empresa, na noite desta segunda-feira (22), alunos do Colégio Pedro II, no Centro do Rio, tiveram o baile de gala realizado pela Aloha. Pais e estudantes temiam que a empresa não realizasse o evento.

A Polícia Civil vai intimar o dono da empresa para prestar esclarecimentos sobre os contratos não cumpridos. Confira na íntegra: https://bandnewsfmrio.com.br/editorias-detalhes/policia-civil-vai-intimar-dono-da-empresa-de


Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.



  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco